Grupos Familiares – Autoridade Espiritual

Este estudo tem como objetivo entendermos a importância da santidade na autoridade e compreendermos que é também em prol dos outros que devemos nos santificar

11 de junho de 2019   /   Categoria:   /   Escrito por: Comunicação

 

Estudo XIV – (Semana 10  a 014 de Junho/19) 
Tema: Autoridade Espiritual
Texto Bíblico: Jó – 17:19


Objetivos :

  • Entender a importância da santidade na autoridade.

  • Compreender que é também em prol dos outros que devemos nos santificar.


Introdução:

Um pai ou uma mãe estão dispostos a se santificar pelos filhos. Um líder esta disposto a santificar se pelos liderados. Um patrão ou um profissional de qualquer área está disposto a se santificar em favor dos outros. Este estudo tem como objetivo mostrar a importância da santificação da autoridade em prol dos outros.

 

1º-  O que o Senhor quis dizer com”Eu me santifico”?

Por amor a seus discípulos, o Senhor deixou de fazer muitas coisas perfeitamente legítimas: falar o que quisesse, assumir atitudes que poderia justificar, usar tipos variados de roupas, aceitar e comer tipos de alimentos, pois, sendo o filho de Deus que não conheceu o pecado sua liberdade excedia a de qualquer outro sobre a terra. Já nós, temos defeito e não podemos fazer muita coisa por conta da inclinação ao pecado: Ás vezes falamos o que não devemos, podemos ter atitudes que envergonham, ser influenciados por modas sensuais, comer e beber coisas que já não fazem parte da nova vida em Cristo etc. Há um aviso em 1Co16:12  sobre os perigos da libertinagem(uso da liberdade sem bom senso, sem temor). Nossas ações têm consequências e o pecado traz  problemas pois até o que é lícito (permitido) pode não convir para a santificação.

 

2º– A autoridade fundamenta se na santificação

Sem a santificação, não pode haver autoridade. Viver como vive quem não se compromete com o reino se separando do comportamento da multidão que sem entendimento da palavra de Deus banaliza o evangelho que é o poder de Deus (Rm1:16a) não poderá ocupar posição de autoridade. Santificação é a dedicação a Deus se separando do pecado. Deus é a autoridade máxima, por conseguinte, está acima de todos. Precisamos aprender a nos santificar de coisas impuras e comuns como fez nosso Senhor.

 

Conclusão:

O senhor Jesus poderia fazer o que bem quisesse, mas, por amor aos seus discípulos, santificou a Si mesmo colocando se ao lado da santidade vivendo uma vida incomum. Concluímos que se desejamos agradar a Deus e exercer Sua autoridade temos que buscar uma santificação mais profunda, diferente do comum e não sentindo se superior aos filhos de Deus, mas em favor deles.

 

Interação:

  • De acordo com o estudo como você entende a santificação?

  • Você está disposto a se santificar em prol do próximo?

 

Bibliografia:Nee.Watchman
Autoridade espiritual/tradução
Yolanda M.Krievim
4 ed. S.Paulo:edt.Vida 2009
Arquivo PDF para Download: Estudo Para Grupos Familiares – XIV

Notícias relacionadas

 

Grupos Familiares – Os interceptores do avivamento dentro de casa.

Estudo XV – (Semana 24  a 29 de Junho de 2019) Tema: Os interceptores do avivamento dentro de casa. Texto Bíblico: II Reis 4.8-27 Objetivos : Identificar algumas patologias relacionais que impedem o avivamento na família. Reconhecer que nossas atitudes/ações devem  promover o avivamento dentro de casa. Introdução: A maior necessidade da nossa casa não é a conversão de… Leia mais

 

Grupos Familiares – Ame e Cuide

Estudo XVIII – (Semana 03  a 08 de Junho/19)  Tema: Ame e Cuide Texto Bíblico: Mt 8.14 e 15 Objetivos : Desafiar a amar e se importar com o próximo. Refletir sobre o cuidado como a prática do amor. Introdução: Essa narrativa se encontra nos três evangelhos sinóticos. Mateus a descreve de forma mais objetiva. Jesus vai até… Leia mais