Grupos Familiares – A base para a delegação da autoridade: Ressurreição

Este estudo tem como objetivo entendermos que não reconhecer a escolha de Deus é a raiz da rebelião e fazer uma análise no que que se baseia a autoridade

11 de março de 2019   /   Categoria:   /   Escrito por: Comunicação

 

Estudo: VII – (11 a 15/03/19)
Tema: A base para a delegação de autoridade: Ressureição
Texto Bíblico: Nm. 17:1-5,8

Objetivos :

  • Entender que não reconhecer uma escolha de Deus, é raiz de rebelião.
  • Fazer uma análise no que se baseia a autoridade.

                                       

Introdução:

No estudo anterior de autoridade espiritual (Nm. 16) observamos uma rebelião que sobrepujou todas as outras; difamaram a pessoa de Moisés e colocaram sua autoridade aprova. Vimos como Moisés lidou com a rebelião se prostando diante de Deus , intercedendo e não julgando precipitadamente mostrando um carater benevolente apesar da afronta. Neste estudo veremos como Deus pôs um fim nessa rebelião ao libertar o seu povo dessa atitude rebelde e conseqüentemente da morte. Deus provou a Israel que a autoridade procedia dele e que há uma base e uma razão para estabelecê-la.

 

1ª- Vida ressurreta é base da autoridade. 

Deus ordenou aos doze lideres das tribos que pegassem doze varas, uma para cada chefe de familia e que fossem colocadas na tenda do encontro diante do testemunho(arca da aliança com as tábuas da lei). A vara é um objeto sem vida é um pedaço de madeira ou galho sem folha cortado nas pontas. No dia seguinte a vara que florescesse seria a daquele lider que Deus escolhera e foi a de Arão que floresceu. Isso aponta para a obra da ressurreição. É Deus quem escolhe e dá vida e esta vida é autoridade.
Ninguém pode exercer autoridade no reino sem antes morrer e ressuscitar em Cristo. Só Deus pode dar vida ao que não tem vida: Família,marido,esposa,filhos, ministério, o lider e os liderados. A vara indica a posição do homem, mas o brotar indica a vida ressurreta.

 

 2ª- O que é a ressurreição.

Ressurreição é retornar a vida, refere-se ao que não é natural, não vem da capacidade humana é o sobrenatural de Deus operando. A vara de Arão brotou botões, flores e amendoas maduras(V.8 ). A amendoeira é considerada símbolo de vigilância(após o inverno é a primeira árvore que florece na primavera) e da vida nova. O seu fruto, a amendoa, é símbolo da essência do espirito,  do seu miolo se estrai óleo precioso, a beleza da sua flor foi usada como modelo para os cálices nas hastes do candelabro do tabernáculo(Éx25:33-34). Já a vara seca representa o homem(Jo15:5) e não pode reproduzir nada de si mesmo. Isso mostra que a autoridade vem de Deus e não de nós. A autoridade de Arão vinha de Deus baseada no poder da ressurreição pois só a vara dele floresceu.

 

Conclusão:

Este estudo mostra que  Deus quis por um fim na rebelião entre os Israelitas mostrando que existe uma base, um princípio para se exercer autoridade: É a ressurreição. Em Adão estamos mortos, mas em Cristo fomos ressucitados. Na força da justiça própria, o ego, há disputas como vimos e não aprovação de Deus para liderar, mas na mortificação deste ego o poder da ressurreição vem operar vida. Concluímos que o poder que opera e que é a base da autoridade é a ressurreição. Sem  ela não haveria igreja, não teria vitória sobre o pecado, sobre a morte e o Espirito Santo não seria derramado.

 

Interação:

  • Como você vê a liderança no cotidiano?
  • O que é a ressurreição para você baseado neste estudo?

 

Bibliografia: 

Nee.Watchman
Autoridade espiritual/tradução Yolanda M.Krievin
4 ed.S.Paulo:editora Vida 2009
Estudo elaborado pelo Dc. Newton Lopes

Arquivo PDF para download: Estudo Para Grupos Familiares VII

Notícias relacionadas

 

Grupos Familiares – Os interceptores do avivamento dentro de casa.

Estudo XV – (Semana 24  a 29 de Junho de 2019) Tema: Os interceptores do avivamento dentro de casa. Texto Bíblico: II Reis 4.8-27 Objetivos : Identificar algumas patologias relacionais que impedem o avivamento na família. Reconhecer que nossas atitudes/ações devem  promover o avivamento dentro de casa. Introdução: A maior necessidade da nossa casa não é a conversão de… Leia mais

 

Grupos Familiares – Autoridade Espiritual

Estudo XIV – (Semana 10  a 014 de Junho/19)  Tema: Autoridade Espiritual Texto Bíblico: Jó – 17:19 Objetivos : Entender a importância da santidade na autoridade. Compreender que é também em prol dos outros que devemos nos santificar. Introdução: Um pai ou uma mãe estão dispostos a se santificar pelos filhos. Um líder esta disposto a santificar se pelos… Leia mais