Ex-carrasco do Talibã converte-se a Jesus e testemunha da nova fé

“Jesus pode transformar o coração mais duro e a pessoa mais teimosa”, comemora missionário.

14 de setembro de 2018   /   Categoria:   /   Escrito por: keysaints

 

Quando um ex-carrasco do grupo terrorista Talibã ligou pela primeira vez para a TV Mohabat (um ministério da missão Heart4Iran [Coração pelo Irã]), o homem dizia que não conseguia entender como Jesus poderia amá-lo.

Nazanin Baghestani, coordenador da Mohabat, conta que certa noite a equipe recebeu uma ligação como muitas outras, de alguém que queria mais informações sobre Jesus. Contudo, ele confessou que, como membro do Talibã, costumava executar pessoas. O homem estava inquieto e não conseguia dormir. Tinha muitos pesadelos e acordava constantemente porque não conseguia respirar.

A equipe de evangelistas conversou e orou com ele, mas o homem disse que precisava de um tempo. Quando ligou outras vezes, os obreiros da Mohabat continuaram conversando com ele e aconselhando-o.

“Levou um tempo para ele perceber que Jesus poderia ajudá-lo”, explica Baghestani. “Era algo difícil para ele entender. Então, uma noite, depois de orarmos e conversarmos com ele e lermos a Palavra, ele dormiu. Depois nos contou que aquela ‘foi a primeira noite em que consegui dormir em paz’. Só então decidiu tentar se perdoar.”

O ex-membro do Talibã, cujo nome não foi divulgado por questões de segurança, hoje é uma pessoa mudada, garante o missionário. “Graças à obra redentora de Jesus, esse homem está experimentando a liberdade em Cristo e a paz de seus pecados”, diz Baghestani.

Talibãs (Foto: Parwiz/Reuters)

 

Muçulmanos procurando por Deus

Segundo o obreiro da Mohabat TV, muitos muçulmanos do Irã estão procurando por Deus: “Eles querem servir a Deus; Eles amam a Deus. Eles procuram por Deus. E Jesus disse que todo aquele que o buscar, o encontrará. Todo aquele que bater, a porta se abrirá para ele. Então é isso. Eles estão procurando e Deus responde. Para muitos a resposta são visões e sonhos. Ele toca os seus corações, responde suas orações, faz milagres e dá sinais do céu. Temos muitos testemunhos de pessoas que encontraram a Deus de uma maneira poderosa”.

Contudo, para a maioria deles, uma mudança de fé pode ser uma sentença de morte. Eles têm medo de grupos como o Talibã, ou de radicais em suas próprias comunidades que podem matá-los.

Baghestani destaca que não deveríamos ser duros ao julgar os que confessam terem feito coisas terríveis.

“Todo pecado é terrível diante de Deus. Mas nem aqueles que fizeram coisas horríveis ou serviram a organizações que se opõem a Deus, como o Talibã, são esquecidos pela graça de Deus. Jesus pode perdoar e curar até aqueles que parecem ter os corações mais difíceis. Jesus pode transformar o coração mais duro e a pessoa mais teimosa. Temos visto muitas dessas pessoas semelhantes a Paulo que vieram a Cristo”, encerra. Com informações de Mission Network News.

 

Fonte: Gospel Prime

Notícias relacionadas

 

Líder muçulmano entra em igreja evangélica e confessa a Cristo

O Sheik Muhayideni Siraje Kakooza desafiou a própria tradição religiosa da qual era adepto, para decidir entregar a sua vida para Jesus Cristo publicamente. No mundo muçulmano, a conversão para qualquer outra religião é considerada uma apostasia digna de punição. Mesmo assim, o agora ex-líder islâmico optou por seguir a Verdade que liberta. O episódio… Leia mais

 

Cristolândia recupera dependentes químicos no Paraná

O Brasil é a nação com o maior número de usuários de crack do mundo. O país está no topo do ranking, representando 20% do mercado mundial. Os números alarmantes revelam a triste realidade vivida por milhares de jovens nos mais diferentes estados brasileiros. Para diminuir esses índices, a Junta de Missões Nacionais da Convenção Batista… Leia mais