Estudo: XX – (Semana de 27 de Abril a 01 de maio).

Sete atitudes em meio a aflição

28 de abril de 2020   /   Categoria:   /   Escrito por: Comunicação

 

                                                   Grupo Familiar

Estudo:  XX – (Semana  de  27 de Abril a 01 de maio).                                                          

 Tema:  Sete atitudes em meio a aflição

Texto Bíblico:  I Samuel 30. 1 a 6.

Objetivos :         

  • Praticar as atitudes de Davi nesse tempo atual.
  • Reconhecer o poder de Deus para transformar situações.

                                        Introdução:         

          O texto relata uma experiência de Davi quando ele e seus homens estavam voltando para  Ziclague, e ao se aproximarem avistaram a cidade  destruída pelo fogo e tudo o que tinha vida havia sido levado. Inclusive suas famílias. Cada um imaginava o que estava acontecendo (ou que aconteceria em breve) com suas esposas e filhos. Na melhor das hipóteses eles se tornariam escravos, para um trabalho duro e tratamento cruel. As duas esposas de Davi também foram levados. Eles não tinham mais nada. Davi se depara com um cenário de caos, incertezas e aflições. Ele muito se angustiou. O povo estava amargurado com aquela terrível “realidade”. O estudo aponta sete atitudes que Davi teve diante daquela situação desoladora:

         1ª – Davi chorou (v.4) 

  

              Davi e sua tropa choraram até ficar sem forças. Através do choro, eles liberaram a dor que estavam sentindo diante daquele cenário de incertezas. Eles manifestaram com pranto, aquele momento de grande dor. Precisamos assumir nossas dores, fraquezas e debilidades no dia da angústia. A bíblia diz que por três vezes “Jesus chorou.” Ele deixou transparecer sua dor, nos ensinando sobre a importância de vivenciarmos o sofrimento sem fingir que nada está acontecendo.

        2ª – Davi resistiu as críticas (v.6)

             Aqueles homens começaram a pensar sobre aquele acontecimento, e que havia sido ideia de Davi levá-los para território filisteu e os levado a lutar deixando suas famílias vulneráveis a aquele ataque. Alguns  ficaram tão furiosos que falaram em apedrejar Davi. Todavia, Davi se esforçou no Senhor e resistiu as críticas. Deus deseja que permaneçamos firmes e resistamos bravamente sem cair. Sempre haverá alguém para nos acusar e nos criticar. Contudo, apesar de sermos humanos, em Deus somos fortes!

       3ª – Davi se fortaleceu no Senhor (v.6b)

           Porém Davi se reanimou no Senhor, seu Deus.” Davi sabia que mesmo diante daquele cenário de aflição, o Senhor não o tinha abandonado. Suas expectativas estavam em Deus e não em homens. As pessoas são falhas, mas o Senhor nunca falhará. Precisamos nos fortalecer em Deus e confiar que Ele nunca irá nos deixar.

       4ª – Davi buscou direção de Deus (vs. 7 e 8)

        “Então, consultou Davi ao Senhor, dizendo: Perseguirei eu o bando? Alcançá-lo-ei?” Davi se importava em fazer o que Deus lhe orientasse. A garantia de que no final vai dar tudo certo, só temos quando colocamos Deus no controle da situação. “Eu li a última frase da bíblia…” ( Billy Graham). Nosso coração tem que estar no que a bíblia diz. Não podemos nos concentrar no que vimos ou sentimos.  A palavra de Deus,  nos dar a certeza de que tudo vai ficar bem.

       5ª – Davi obedeceu a direção de Deus (v. 9)

        “Respondeu-lhe o Senhor: Persegue-o, porque, de fato, o alcançarás e tudo libertarás.” Partiu, pois Davi, ele e os seiscentos homens que com ele se achavam. Davi tomou duas atitudes diferentes, mas que se completam: ele recebeu a direção de Deus e obedeceu a orientação recebida. No meio da aflição precisamos fazer o que Deus quer que façamos. Precisamos ouvir a voz do Senhor e obedecer.

       6ª – Davi foi paciente com os mais fracos (v.10) 

         Aqueles homens já tinham caminhado alguns dias e não tinham mais forças. Quando chegam ao ribeiro, um terço deles não consegue prosseguir. Eles têm motivos para continuar, suas famílias estavam em perigo e eles as queriam resgatar, mas, não tem mais forças. Davi, porém, e quatrocentos homens continuaram a perseguição. No dia da angústia e aflição, precisamos ter paciência com os mais debilitados e mais fracos.

        7ª – Davi aprendeu a discernir a ação de Deus (vs.11 a 15)

           Seguindo no trajeto que Deus havia orientado, Davi e seus homens, acharam um homem que tinha sido deixado semimorto naquela região. Eles pararam e prestaram socorro a ele.  Para alguns, a atitude de Davi ao cuidar daquele homem, poderia parecer “perda de tempo.” Mas, Deus estava no controle daquela situação de forma inimaginável. Davi discerniu isso! O Senhor já havia preparado o escape para Davi, antes mesmo de encontrarem a cidade queimada. Seus esforços foram recompensados. Aquele homem ficou sarado e guiou Davi até o lugar onde estavam os que haviam destruído Ziclague. Então, Davi os feriu e nenhum deles escapou.

                                                            Conclusão:

         O  relato do texto começa com uma situação de tragédia e aflição, mas termina com vitória e triunfo. Davi recuperou tudo o que os amalequitas haviam tomado dele. Davi e seus homens não recuperaram só o que haviam perdido, eles conquistaram também uma porção de coisas mais. Não lhe faltou coisa alguma, nem pequena, nem grande, nem filhos, nem filhas, nem despojo…  De volta a cidade, Davi  envia presentes de gratidão aos anciãos. Ele não se esqueceu dos que o ajudou no dia mal. Deus continua operando milagres, precisamos confiar nossas aflições e angústias a Ele.  As aflições  não são o fim, elas são meios pelos quais Deus vai nos conduzir a grandes vitórias. O Senhor nos recompensará. Deus é poderoso para transformar maldição em benção.  “Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais.”(Jr. 29.11).

Interação:

  • O estudo mostra que diante da crise, Davi pediu orientação a Deus antes de agir e obedeceu ao Senhor. Dê sua opinião sobre a importância de buscar a Deus e obedecê-lo.
  • Você já vivenciou uma situação de caos e aflições, que posteriormente, percebeu que Deus já havia liberado o  escape antes mesmo de tudo acontecer? Compartilhe.

Bibliografia: Palavra ministrada  pelo Pastor Cristiano  Carvalho,  no culto online na noite de domingo. Em  25/04/2020. Tempo em que o Brasil se encontra em “Isolamento Social.”

Estudo GF XX Semana 27 de Abril a 01 de maio

Notícias relacionadas