Devocionais – Oração é Combate

“E não realizou muitos milagres ali, por causa da incredulidade deles.”(Mateus 13:58)

3 de julho de 2018   /   Categoria:   /   Escrito por: Comunicação

 
Sem dúvida, pode ter havido momentos em que impedimos a obra de Deus em nossas vidas por causa da incredulidade. As escrituras nos dizem que Jesus não poderia fazer nenhum trabalho poderoso em Sua cidade natal por causa da incredulidade (ver Mateus 13:58).
 
Claramente há um lugar para a fé na oração. No entanto, eu discordo daqueles que dizem que é tudo uma questão de fé e que, se a sua oração não é respondida, significa que você não tem fé.
 
Às vezes, tenho muita fé. Penso no homem cujo filho precisava do toque de cura de Jesus. Este pai desesperado disse: “Creio, ajuda-me a vencer a minha incredulidade” (veja Marcos 9:24). Lemos que Jesus libertou o menino dos poderes demoníacos. Você sabe por quê? Foi uma oração sincera: Senhor, eu acredito. Ajude quanto a minha incredulidade! Senhor, eu creio. Mas, às vezes, tenho lapsos. Às vezes tenho dúvidas.
 
Muitas vezes há falta de fé em nossas orações. Todos tivemos dúvidas. Mas é aí que tomamos a Palavra de Deus e a aplicamos a essa dúvida. Como Romanos 10:17 nos diz: “Consequentemente, a fé vem por ouvir a mensagem, e a mensagem é ouvida mediante a palavra de Cristo.”
 
A igreja primitiva teve suas dúvidas quando Herodes mandou que Pedro fosse detido e jogado na prisão. Mas eles oraram. E apesar de suas orações serem fracas, ainda eram mais fortes que Herodes. Por que Deus não respondeu suas orações antes? Ele queria ensinar a perseverança da igreja? Ou foi para cultivar a fé de Pedro? Sua história nos lembra que a oração é uma guerra e a batalha não é vencida pela força humana, mas pelos joelhos.
 
Como foi dito: “a oração dá o golpe vencedor; o culto reúne os resultados”.
 
Então vamos. Vamos começar enchendo o trono de Deus com pedidos que trarão glória ao Seu nome.

Notícias relacionadas